Subscreva

Cum sociis natoque penatibus et magnis
[contact-form-7 id="1210" html_class="cf7_custom_style_1"]

Subscribe elementum semper nisi. Aenean vulputate eleifend tellus. Aenean leo ligula, porttitor eu, consequat vitae eleifend ac, enim. Aenean vulputate eleifend tellus.

[contact-form-7 id="984" html_class="cf7_custom_style_1"]

Estamos em Abril de 2018, mas venho falar-vos de uma coisa que aconteceu provavelmente em Abril do ano passado, mas que ignorei, fingi não existir, e arrastei até agora achando que era um cansaço comum e um precisar de umas férias decentes, que por vários motivos não puderam acontecer no ano passado. Hoje, tive vontade de vos escrever, coisa que não acontecia

A distância é relativa, o amor não é. Nos últimos quase dois anos tenho lidado diariamente com esta dicotomia. Quando digo que estou numa relação à distância a primeira reacção é sempre de descrença, com é possível viver um amor com milhares de quilómetros de distância. A resposta não é simples e o turbilhão de emoções também não é. Sorrio, digo que