Subscreva

Cum sociis natoque penatibus et magnis
[contact-form-7 id="1210" html_class="cf7_custom_style_1"]

Subscribe elementum semper nisi. Aenean vulputate eleifend tellus. Aenean leo ligula, porttitor eu, consequat vitae eleifend ac, enim. Aenean vulputate eleifend tellus.

[contact-form-7 id="984" html_class="cf7_custom_style_1"]

Viver e ser turista no Porto

Quando me mudei há 6 anos atrás, nunca imaginaria o quão apaixonado iria ser pela cidade onde vivo. Já vivi em Coimbra, Tomar e Istambul e apesar de ter um carinho diferente por cada uma destas cidades, nenhuma delas me deixou a sentir que faço parte dela. O Porto é a cidade que me recebeu de braços abertos, me fez sentir em casa e, de quando em vez, ainda me deixa ser turista. É muito fácil cair na rotina de frequentar os mesmos sítios, fazer o mesmo percurso para casa todos os dias e deixar de olhar para cima enquanto caminhamos na rua. É fácil passar o dia a correr e não chegar a lado nenhum.


Este fim-de-semana que passou tivemos visitas, um amigo britânico que vive em Madrid, e fomos guias turísticos. Passeámos pelos clichés turísticos todos e ainda lhe consegui mostrar o mais importante, o Porto que me apaixona e me deixa encantado quase todos os dias. As fotos desde post são só de Domingo, onde tirámos o dia para caminhar, ver arte e aproveitar o sol. Fomos até Serralves e confesso-vos que já não me lembro quando foi a última vez que por lá tinha andado. Já não me lembrava o quão bonito é o edifício das exposições, o quão fresco é o jardim e não me lembrava do chão cor de rosa que nos leva até à casa de Serralves. Foi tal a lufada de ar fresco que trouxe mais fotos para casa do que me lembro trazer nos últimos meses.

 

A querida sócia foi de férias esta semana e este passeio veio mesmo a calhar. Sinto-me pronto e inspirado para enfrentar o trabalho. A exposição da Julie Mehretu deixou-me a sentir pequenino e em “aw”. Um dos vídeos da Bienal de São Paulo, sobre o respeito pela vida nos serve de alimento deixou-me em paz e grato. A Casa de Serralves levou-me a acreditar que tenho de olhar mais vezes pela janela e observar, sem objectivo nem propósito se não o de viver aquela janela. Acabámos o dia no parque da cidade do Porto, a fazer um piquenique improvisado e aproveitar o sol.

 Bem, isto para vos dizer que me sinto um felizardo por viver numa cidade onde posso também ser turista. Este fim-de-semana deixou-me a pensar que tenho de aproveitar o verão e o bom tempo para fazer mais destes programas. Sinto que fui passar um fim-de-semana fora e afinal nem saí daqui. <3

Espero que esse fim-de-semana tenha sido bom e que comecem esta semana de sorriso na cara 🙂

Written by:

Designer, photographer, musician and dog lover.

Comments

  • Raquel Caldevilla

    Reply

    Meu xuxuquinho mais lindo <3
    Que fotos tão bonitas! E maldita doença que não me deixou ir passear contigo. Temos de repetir nós, sim? 😀
    Beijinhos dessa Bilinha que te adora <3

    Julho 24, 2017
  • ana silva

    Reply

    O Porto é lindo e as fotografias estão tão bonitas! Beijinhos
    http://www.mentamaischocolate.pt

    Julho 27, 2017

Leave a comment