Subscreva

Cum sociis natoque penatibus et magnis
[contact-form-7 id="1210" html_class="cf7_custom_style_1"]

Subscribe elementum semper nisi. Aenean vulputate eleifend tellus. Aenean leo ligula, porttitor eu, consequat vitae eleifend ac, enim. Aenean vulputate eleifend tellus.

[contact-form-7 id="984" html_class="cf7_custom_style_1"]

Sobre dias mais difíceis e a busca de inspiração

Os dias longos vieram para ficar, tenho passado mais tempo com amigos, o escritório está cada vez mais composto e convidativo, os nossos clientes são simpáticos e o trabalho divertido. Então, porque raio não tenho vontade de trabalhar ou até mesmo vir aqui escrever? Todas as condições estão reunidas para me sentir inspirado e produtivo.

A verdade é que sinto o oposto. Tenho vontade de fugir para a beira-mar, de me esconder do mundo, de me refugiar no silêncio e me desligar de todos os dispositivos. Se calhar é isso mesmo, preciso de um detox digital? No Facebook toda gente está revoltada por tudo e por nada, no instagram tudo me parece banal e até o Pinterest me parece mais do mesmo. Tudo aquilo que normalmente me inspirava parece-me mundano. Por isso sim, talvez precise de menos computador e mais papel, menos ipads e mais revistas, menos iphone e mais conversas em esplanadas.

Os dias são simpáticos e quase sempre felizes mas sinto-me cansado e confuso. A meditação ajuda mas há tanto ruído a toda hora que sinto que toda gente grita sem parar. A minha vontade de partilhar diminuiu porque eu gosto de vos dar o meu melhor. De vos mostrar que no meio do caos há beleza e que o lado bonito da vida está à disposição de todos. Quando me sinto assim saturado, não vos consigo mostrar isso e prefiro manter-me calado. Hoje vim fazer um post pequenino, em modo desabafo, para  vos dizer que todos passamos por estas fases e às vezes temos de procurar silêncio e reflexão. Isso não faz de nós piores pessoas, não podemos pensar que estamos a falhar (apesar de às vezes sentir isso) e não podemos achar que estamos a perder controlo. Às vezes, no trabalho e na vida, o melhor é ligar o piloto automático e aproveitar o momento para reflectir.

O meu tempo de vida é bem curto mas de uma coisa tenho a certeza, a vida é feita de altos e baixos e vivo na certeza de saber que depois de uma fase baixa chega sempre uma fase em altas. Espero que, se andam a sentir o mesmo desse lado, se sintam abraçados por mim.

Tenham uma boa quarta-feira, pessoas bonitas *

Written by:

Designer, photographer, musician and dog lover.

Comments

  • Carol Vieira

    Reply

    Vivemos grudados em celular, sentados em frente ao computador e ainda temos a missão de gerar conteúdos e ser criativo o tempo todo. Isso satura! Concordo quando fala a respeito do Facebook e do Instagram, no Fb todo mundo reclama o tempo todo, se acham os certos e não respeitam a opinião alheia, no Instagram a hipocrisia nos faz crer que ninguém mais no mundo tem problemas, só nós. Então saia para tomar um café, sozinho ou com amigos, deixe o celular no bolso, esqueça as fotos, sente numa praça, observe as pessoas e a paisagem, respire, faça um detox, isso é mais que necessário.

    Maio 24, 2017
  • The Hungry Mess

    Reply

    Fred, senti esse abraço. Este post diz tanto daquilo que não consigo dizer, acredita… Obrigada pelo desabafo, Keep it up 🙂

    Maio 24, 2017
  • Daniela

    Reply

    Sinto exatamente o mesmo. Nos últimos tempos, a rotina do dia a dia faz-me sentir completamente assoberbada, E com uma necessidade premente de jme afastar, de desligar, de procurar inspiração e conforto noutras coisas. Eu, tecnológico-dependente, viciada virtual confessa, dou por mim a procurar sentido noutras coisas. E acho que ainda bem. 🙂 Boa busca desse lado! Por aqui inspiram-me os vossos posts! 🙂

    Maio 24, 2017
  • ana rita pereira

    Reply

    Um abracinho da desorientada, desmotivada e preguiçosa que por aqui aqui anda deste lado também! deixei de me culpar por me sentir assim e por, muitas das vezes, faltar a coisas para as quais estou a pagar… mas o que interessa é mesmo respondermos àquilo que o nosso coração e o nosso corpo pedem… e às vezes o melhor é mesmo go with the flow e deixar tudo voltar ao normal por si… 🙂 Força! Porque, como dizes, “no meio do caos há beleza e que o lado bonito da vida está à disposição de todos.” <3

    Maio 24, 2017
  • Anantique

    Reply

    Olá Fred! Há alturas assim, sem dúvida, mas a vida é feita de picos e vales 🙂
    A meditação ajuda bastante, propus-me meditar todos os dias 15 min e estou a cumprir!
    E continuo fã do papel. Espreita 2 revistas “Respire” (francesa) e a Flow (versão internacional). Beijo grande

    Maio 24, 2017
  • Sofia

    Reply

    Pessoa mais querida do mundo!
    Um enorme abraço para ti, do tamanho desse coração bonito que tens.

    Maio 24, 2017
  • Marina M.

    Reply

    Fred keep calm e respira fundo. 🙌
    É isso que te falta. Respirar faz parte da nossa condição humana! Saí e vai sentir o cheiro da relva, da terra molhada, do mar…leva um livro, ou conversa contigo. Vai simplesmente respirar!! Há quando tempo não fazes isso?
    Simplesmente respirar!

    Um abraço apertadinho Fred

    Maio 24, 2017
  • Ana, Go Slowly anagoslowly.blogspot.pt

    Reply

    Olá Fred, um abracinho bem apertado para ti e muito obrigada por partilhares este post 🙂
    Tenho estado numa fase dessas desde há uns tempos… Tenho escrito muito pouco no meu blog, desliguei-me imenso de todas as redes sociais e nem tenho acompanhado os blogs que normalmente acompanhava (eu que adoro blogs!). Tenho andado em modo “serviços mínimos” como costumo dizer (só faço o estritamente necessário casa, trabalho, instagram/facebook por causa do blog). Há fases assim e se o corpo nos está a dizer que precisa de desligar e abrandar devemos respeitá-lo. Estas fases são mesmo necessárias para recuperarmos a energia perdida e depois voltarmos em grande. Por isso segue aquilo que sentes, descansa muito, relaxa e respira bem fundo. Quando estiveres de volta à tua excelente forma tudo continuará aqui à tua espera 🙂
    Beijinho**

    Maio 25, 2017
  • Sandra Marques de Paiva

    Reply

    Obrigada pelo abraço, estava a precisar e sinto exactamente o mesmo que tu. Beijinho

    Maio 25, 2017
  • Vânia

    Reply

    Acima de tudo temos que saber reconhecer essas fases, relativizá-las e descobrir a melhor forma de sairmos bem delas.

    Maio 25, 2017
  • Fernanda

    Reply

    Como te percebo! Quero tanto voltar a encontrar essa luz, sei que é só uma fase e que vai passar. Obrigada pelas tuas palavras!

    Junho 16, 2017

Leave a comment