Subscreva

Cum sociis natoque penatibus et magnis
[contact-form-7 id="1210" html_class="cf7_custom_style_1"]

Subscribe elementum semper nisi. Aenean vulputate eleifend tellus. Aenean leo ligula, porttitor eu, consequat vitae eleifend ac, enim. Aenean vulputate eleifend tellus.

[contact-form-7 id="984" html_class="cf7_custom_style_1"]

Procuram uma casa quentinha, e rabanadas para o natal

Estamos de volta com um dos posts que mais gostamos de fazer, estes que são em parceria com a Miacis e a Língua de Gato, e que faz com que cheguem mais longe, as histórias de alguns patudos que esperam por uma casa que os acolha para a vida.
Confessamos que é sempre com um aperto cá dentro que os escrevemos, ou porque as histórias são tristes, ou porque nos comovemos com o coração bom destes voluntários que trabalham diariamente para salvar muitos animais em situações limite.

Tristezas para trás, estes já foram uns sortudos porque foram acolhidos, ainda que temporariamente, e até a uma sessão de fotografia, cheia de mimos, tiveram direito. Agora é esperar que vocês aí em casa ajudem a espalhar a palavra, e assim talvez consigamos dar-lhe um natal ainda mais quentinho.


Esta bolinha de pêlo laranja, veio de longe, muito longe.
Foi encontrado na rua por uma das voluntárias, durante uma viagem à Rússia, e como é um gato lindo e meigo, ia sofrer muito se continuasse sem abrigo. Voou para Portugal e agora procura uma casa, Portuguesa com certeza 🙂

 

Este rapaz foi encontrado na rua, há cerca de um mês, porque estava a sofrer tanto que quem o encontrou foi incapaz de o deixar para trás. São muitos os casos destes, de animais que por estarem doentes vão muito abaixo, e se ninguém os ajudar deixam de comer, de defender-se e já sabemos como acaba a história. O Yuuki tinha uma grande infeção na boca, que felizmente já está tratada, e por ser um gato FIV terá uma vida longa e feliz se estiver protegido.
O FIV não condena um gato para toda a vida, só aqueles que estiverem expostos a muitos perigos na rua, e por isso não deve ser um entrave na hora da adopção. Se quiserem saber mais sobre esta condição podem fazê-lo aqui: http://miacis.org/o-que-e-o-fiv/
Aliás, logo no topo deste artigo podem ver o nosso Nicolau, que foi adoptado por amigos nossos, e que é um gatarrão saudável, apesar de ter FIV.
Esperamos que o Yuuki tenha a mesma sorte e que encontre uma família que lhe dê o conforto e a proteção que precisa.

 

E agora, quem resite à Natália?
Esta cadela amorosa, foi encontrada muito, mas muito magrinha e a pedir ajuda a quem passava. Claro que é difícil haver quem consiga parar para dar atenção a alguém com fome, e é preciso que um animal chegue a um ponto de  magreza extrema para alguém parar, às vezes nem assim. Foi o caso da Natália, que durante muito tempo, demasiado tempo, não comeu, mas felizmente cruzou-se com uma das voluntárias da Miacis que a acolheu.

Nós gostamos de mostrar imagens deles bonitos e felizes, até porque com o carinho dos voluntários é assim que eles ficam, mas há um antes. A história não começou assim, e para aqueles que querem perceber como estava esta menina quando foi encontrada, podem fazê-lo aqui.

 

Estes olhinhos doces que aqui vêem em cima, são da estrelinha. Ela tem apenas 8 meses, tinha já sido adoptada mas infelizmente, a senhora que lhe deu uma casa foi atropelada e ficou gravemente ferida. Seria impossível para ela tomar conta da estrelinha, cuidar dela e levá-la a passeios, e por isso uma decisão difícil teve de ser tomada. A Miacis acolheu novamente esta menina que espera agora por uma nova oportunidade. Ela é linda e doce, precisa de uma família para sempre, vamos ajudar a encontrá-la?
Para terminar, vamos deixar-vos aqui três irmãos que foram encontrados ainda em bebés, e que esperam até hoje por uma família. Como o texto que as Miacis nos enviou, para descrever esta história, deixou-nos sem palavras para mais, decidimos transcrevê-lo aqui, para que possam vocês também lê-lo e conhecer a história dos gatinhos.
” Uma das maiores fontes de frustração na vida dos humanos é a diferença entre aquilo que temos e aquilo que gostaríamos de ter. Ser mais alto, ter um nariz mais pequeno, os olhos de outra cor…

Mas, na realidade, tudo aquilo que é verdadeiramente importante, sente-se e não se vê.
É por isso que nos momentos de maior emoção, quando beijamos alguém que amamos, quando sonhamos, quando choramos, fechamos os olhos e sentimos a vida com o coração.
Assim é, também, com os animais que fazem parte da nossa família. O amor que lhes temos é independente do porte deles, da cor e do tamanho do pêlo…

A Adidas, a Asics e o Puma foram resgatados da rua pela Sofia, voluntária da Miacis, muito debilitados e as lesões que apresentavam nos olhos deixaram mazelas definitivas nos olhos da Adidas e da Asics.
Apesar das condições terríveis em que nasceram, são saudáveis, meigos e brincalhões.
Estão no Porto a aguardar uma família que veja com o coração a perfeição destes gatinhos e lhes proporcione uma vida longa e feliz.”

Esta pequenina também quis uma fotografia, e procurava uma casa quentinha. Soubemos agora que já encontrou! 🙂
Se procuram um amigo para a vida, é aqui que vão encontrar os melhores corações, a botijas quentinhas para o Inverno :p
Se puderem partilhar o post, na esperança de que chegue a mais gente, agrademo-vos muito!
Se quiserem conhecer melhor a Miacis e o trabalho que fazem, visitem a página!
Obrigada a todos pelos minutinhos de atenção a olhar para estas coisas bonitas.

Comments

  • Vocês fazem muitos por estes animais! Obrigada por isso 🙂

    Novembro 24, 2016
    • quem os acolhe e cuida deles faz muito mais Ana, mas nós também podemos fazer mais ainda e esperamos conseguir fazê-lo em breve 😉 <3

      Novembro 25, 2016
  • Quem devo contactar para adotar um gato? Obrigada

    Novembro 25, 2016
    • querida Sara, se nos disseres qual seria podemos dar-te o contacto directo da voluntária que está com ele.
      se quiseres envia-nos mail para weblogyou.pt@gmail.com

      se preferires entrar em contacto directo com a Miacis, os e-mails estão em baixo 🙂

      geral@miacis.org

      Novembro 25, 2016
  • Acho maravilhoso que façam estes posts 🙂 Espero que isso ajude a que estes patudos encontrem uma casa rapidamente. Infelizmente, não posso ter mais mas o primeiro gato é lindo demais 🙂

    Novembro 25, 2016

Leave a comment