Subscreva

Cum sociis natoque penatibus et magnis
[contact-form-7 id="1210" html_class="cf7_custom_style_1"]

Subscribe elementum semper nisi. Aenean vulputate eleifend tellus. Aenean leo ligula, porttitor eu, consequat vitae eleifend ac, enim. Aenean vulputate eleifend tellus.

[contact-form-7 id="984" html_class="cf7_custom_style_1"]

Parar, respirar e fotografar

Não passo tanto tempo com os meu sobrinhos quanto o que gostaria, por isso quando estamos juntos sinto que tenho de os registar. Tenho de guardar quem eles são, o que se tornaram e o que os seus sorrisos, para guardar, relembrar e congelar no tempo. No meio dos gigas e gigas de informação que conseguimos acumular em qualquer telemóvel, acabamos por guardar pilhas de fotografias sem destino nem caminho e que até a função de guardar para relembrar se perde. O desafio que vos proponho é juntarem a família, os amigos, o cão ou o gato e tirarem uma hora para se divertirem à brava enquanto, literalmente, criam memórias.

Todos os anos, perto do Natal, junto os pequenos, a minha irmã e o meu cunhado para uma sessão. As desculpas são muitas, um banho com barba de espuma, uma guerra de almofadas e, este ano, fazer bolachas (que os pequenos embrulharam e ofereceram a toda a família, como presente de natal).

´
Adicionem lá na vossa lista de resoluções para o ano que vem: “Registar mais momentos onde somos felizes”.Boas fotografias,
Fred 🙂

Comments

Leave a comment